O artigo que se segue pretende congregar as vertentes da investigação, produção e partilha de conhecimentos a propósito da temática da saúde na cidadania europeia. A assistente social Teresa Barbosa dedica-se a avaliar a política pública enquanto processo de tomada de decisão resultante da seriação e adoção de determinado tipo de orientações e fundamentos políticos dos quais derivaram o aparecimento e a existência de uma política comunitária, pressupondo, em vigor, os direito dos cidadãos no contexto da União Europeia.O estudo foi apresentado no painel das “ Políticas Sociais/ Agentes Comunitários” no XVII congresso internacional da animação sociocultural realizado em Mértola a 15 e 16 de Novembro de 2013 por ocasião do vigésimo aniversário do Tratado de Maastricht, através do Conselho e do Parlamento Europeu ao decretarem a celebração do “Ano Europeu dos Cidadãos” no referido ano.

Pode aceder ao artigo aqui.